maio 2015

Espaço Pura Vida

“Tem que ser verdade”, Pedro solta enquanto conversamos, sentado em uma das mesas dispostas num agradabilíssimo espaço que é encostado na parte de trás da Pedra da Gávea com vista pro Canal da Joatinga, enquanto almoçamos uma moqueca de banana da terra com arroz de castanhas e salada orgânica. Pra ele, essa frase não só faz sentido, como vem regendo os seus passos nos últimos três anos. O Espaço Pura Vida, hoje com cinco meses de funcionamento, nasceu quase que naturalmente acompanhando os rumos que sua vida ia tomando.

Espaço Pura Vida:

Há três anos, Pedro, que trabalhava como modelo e no marketing de uma das maiores indústrias fonográficas do mundo, sofreu um acidente de carro gravíssimo e mudou radicalmente seus hábitos depois disso. “Eu me agarrei nos esportes pra não entrar em depressão, comecei a surfar e a praticar yoga e meditação, virei ultramaratonista, andava de skate, ia escalar”, ele lembra. Amante da fotografia que é, sempre fotografava e filmava suas manhãs de esporte, que aconteciam logo que o sol saía até a hora de ter que ir pro trabalho, e postava nas redes sociais com a hashtag #puravidarj. “As pessoas não entendiam nada, eu chegava às 10h no trabalho e já tinha feito muita coisa no dia”, ele conta rindo. Só que o prazer naqueles momentos estava tão grande que ele começou a querer levar amigos juntos. Começou a correr com amigos que queriam emagrecer ou parar de fumar; dava aula de surfe de graça para amigos; organizava eventos na praia, as Festas Pura Vida, onde não eram vendidas bebidas alcóolicas e a entrada era paga com alimentos não perecíveis para doação.

Espaço Pura Vida: shows aos domingos

“Tinha dia no trabalho que eu tinha ataque cardia, aquele stress todo não estava me fazendo bem”, ele conta se referindo ao momento em que largou o trabalho para se dedicar ao que viria a se tornar o Espaço Pura Vida. Pouco a pouco começou a cobrar pelas atividades e a essa altura do campeonato ele já estava com o Instagram bombando -inclusive, fazia viagens patrocinadas pelo mundo para divulgar os lugares e o seu lifestyle. A coisa começou a crescer e quando ele viu já tinha até uma equipe de primeira montada. Bruno Marques também tinha largado o trabalho e estava ajudando nas aulas de surfe, já que a demanda tinha crescido um monte. Lucas Dertoni era o chef por trás do buffet vegetariano das festas. Bruno Buarque, que ele tinha conhecido em um curso de meditação, começou a frequentar as atividades e se aproximar da ideia e certo dia chegou com um logo novo para o Pura Vida. Pronto.

Espaço Pura Vida: travessias para Ilhas Tijucas

Dia 6 de dezembro eles abriram as portas do espaço na Barrinha, que funciona como ponto de encontro delícia para quem busca uma vida mais saudável. Por lá, eles alugam pranchas de stand up, rolam aulas de yoga, travessias coletivas (de até 25 pessoas) em SUPs e caiaques até as Ilhas Tijuca, wakeboard e passeios de jetski, showzinhos nos domingos. E, claro, uma alimentação deliciosa: durante toda a semana eles servem hambúrgueres veganos in-crí-veis (como o de abóbora com castanha do Pará) e às sextas e sábados servem um prato do dia e café da manhã aos domingos. “Quase todo mundo que vem aqui acaba virando amigo”, Pedro conta, “E a ideia é justamente essa: fazer desse um ambiente em que todos se sintam bem”.

Espaço Pura Vida: almoços veganos

Tanto é que o toque de informalidade em que as coisas rolam deixa tudo parecer como se fosse de casa. Por lá, você que diz ao final o que comeu e o que bebeu, não tem nada de 10%, o tempo de uso do SUP é ilimitado, crianças não pagam e por aí vai… “Acho importante essa relação de confiança em tempos em que todo mundo anda tão sem esperança”, ele reflete, “Gentileza gera gentileza, né?! Com toda essa combinação a coisa não tinha como dar errado. Sem investir nada em publicidade, o espaço vem crescendo mais e mais: eles já estão com dois foodtrucks para vender os hambúrgueres e Juçaís orgânicos em eventos, vão abrir um quiosque na praia, estão aumentando as turmas de yoga e parcerias em festas e eventos… “A gente diz que o Pura Vida é um projeto muito bom porque somos péssimos administradores e ele continua super de pé”, ele brinca. Mas na realidade, não é isso não: o Pura Vida tem muita verdade. E coisas verdadeiras não tem como não dar certo…