Certamente você já ouviu dizer por aí que comer algas faz um bem danado – ah, os fãs da comida japonesa! O que talvez você ainda não tenha ouvido falar é da spirulina. Além desse nome super divertido, a spirulina é uma alga que vem ficando mais e mais conhecida como mais um daqueles superalimentos capazes de fazer mágica. Você acha ela em comprimidos, cápsulas e em pó para bater em sucos ou acrescentar a bolos, por exemplo. Inclusive, há registros históricos de que os astecas usavam essa alga em sua alimentação lá no século XVI e que, muito tempo depois, já nos anos 50, na região do Lago Texcoco, voltou a ser descoberta e usada por europeus, inclusive para fazer bolo.

 

Essa é a alga Spirulina

 

Riquíssima em nutrientes, ela possui em sua constituição 18 dos 22 aminoácidos, betacaroteno, vitamina B (particularmente a B12), Vitamina E, ferro e outros 14 minerais. Além disso, a Spirulina é considerada uma “sobrevivente”, dada a sua capacidade de sobreviver a extremas variações de temperatura e, vejam só, ela também tem a capacidade de purificar alimentos que foram contaminados com água com arsênio.

 

 

Spirulina em pó

Em termos práticos, a sipirulina tem essa fama de mágica por agir em várias partes do corpo positivamente. A planta ajuda a nutrir o corpo, fornecendo a maior parte de proteína que você precisa para viver (é um ótimo complemento para dietas vegetarianas, por exemplo), ajuda a prevenir aquele “funga-funga” causado pela alergia nas grandes cidades, ela reforça o sistema imunológico, ajuda a controlar a pressão arterial elevada, o colesterol e a diabetes e por fim, é um antioxidante poderoso que ajuda a prevenir o câncer.

 

Sugestão de Salada com Spirulina

 

Que tal acrescentar a spirulina na sua dieta? Ela só não é indicada para os alérgicos à frutos do mar, mulheres grávidas e que estão amamentando e por crianças. De resto, pode aproveitar esse superalimento que a cada dia aparece mais nas dietas de nutricionistas e celebridades!

 

Fotos: Reprodução.

 

 

  • tania melo

    02 03 2015

    Gostaria de saber onde encontrar essa alga aqui no Brasil?

O seu endereço de e-mail não será publicado.