Chega o outono e, junto dele, aquela sensação de mudança inevitável. A temperatura começa a diminuir, o sol a se esconder mais cedo, as folhas caem das árvores e o inverno começa a se aproximar. O corpo dá os seus sinais. Não é a toa que muitas mulheres reclamam que no outono seus cabelos ficam mais frágeis e caem mais. Será que é mito ou verdade?

De acordo com a dermatologista Roberta Bibas, “Não há nenhuma explicação científica para isso. Os cabelos tem um ciclo natural: todo fio fica de 2 a 3 anos em fase de crescimento, depois 3 semanas em uma fase de descanso e mais 3 meses em fase de queda”. Só que, de acordo com o Dr. Gustavo Sartorato, essa relação direta entre queda dos cabelos e chegada do outono pode ser explicada por alguns fatores.

Queda de cabelos no outono

Como ele explica, “A progressão da queda de cabelo no outono acontece em função de algumas características próprias das raízes capilares, como a sensibilidade dos fios às radiações solares”. É que é aquela coisa: no verão passamos muitas horas na praia e essa intensa exposição ao sol modifica o ciclo dos cabelos, que caem de 2 a 3 meses depois. “Além disso, tem o fator de que no final do ano muitas pessoas acabam ficando mais estressadas, o que faz com que o corpo não nutra adequadamente as raízes capilares modificando o ciclo dos fios”, ele explica.

Mas é só ficar esperto em algumas dicas que suas madeixas não vão cair tanto. De acordo com a Dr. Roberta Bibas, alguns produtos podem ser usados para evitar a queda, como a biotina, que é um derivado da vitamina B que atua ativamente na queda dos cabelos. “E é aquilo: é melhor evitar muito trauma de secadores, químicas de alisamento e descolorações”.

Cabelos pós verão. Foto: Olivia Nachle

Foto: Olivia Nachle

E, claro, durante o verão, vale prestar atenção em algumas coisas básicas, como lembra o Dr. Sartorato: é sempre legal passar água corrente e limpa nos cabelos depois de nadar no mar ou na piscina para evitar que sais e minerais impregnem nos fios por muito tempo. Além disso, na hora de secar, evitar fazer movimentos muito bruscos e, ao pentear os cabelos, esperar eles estarem menos úmidos para evitar a formação de pontas duplas. E, claro, aquele creme leave-in bom para seu cabelo nunca é demais!

  • Victor Teixeira

    10 04 2016

    Muito bom o conteúdo. bastante esclarecedor!!!

O seu endereço de e-mail não será publicado.