Ainda não foi dessa vez, o topless não vai pegar neste verão nas areias cariocas. O evento  Toplessaço foi intimidador para as poucas mulheres presentes, inclusive para a idealizadora do evento. Concordo com o historiador Luiz Antonio Simas, de que o Rio não é progressista como muitos gostariam e que ainda levará algum tempo para essa ideia se sobrepor a nossa cultura machista e conservadora. Agora, o fio dental está valendo, sem problemas!

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.