O design brasileiro está em evidência como nunca. A afirmação vem sendo repetida algumas vezes e foi lembrada na última quinta, dia 14, por Roberta Queiroz e por André Poli, ambos representantes da Maison & Objet no Brasil. Pra quem não sabe, essa é uma das maiores feiras de design do mundo, de origem francesa, que agora tem edição realizada no continente americano, lá na bela Miami Beach. E bem, eles disseram isso porque o carioquíssimo Zanini de Zanine foi eleito o designer do ano no evento.

Zanini di Zanini, o designer do ano!

Foto: Alan Santos

Ele, que é filho do arquiteto José Zanine Caldas, cresceu vendo o pai trabalhar e dali ganhou gosto pela coisa. Passou por um estágio com Sergio Rodrigues e foi com ele que produziu seu primeiro móvel. Em 2003 começou a produzir móveis em madeira maciça feitos com peças de demolição e chama seu próprio estilo de “Carpintaria Contemporânea”. Dois anos depois criou uma linha de móveis produzidos com peças produzidas industrialmente, usando além de madeira com origem controlada, materiais diversos como plástico e metais. Foi em 2011 que ele abriu o Studio Zanini, em Santo Cristo, aqui no Rio, para expor seu trabalho.

Zanini di Zanini e suas peças em madeiras

Carioca que só, ele reflete sobre o Rio e a Zona Portuária, onde tem seu Studio: “O que mais me agrada no Rio de Janeiro é um ar de informalidade. Temos uma grande metrópole com características de balneário. O local do Studio foi determinado pela necessidade de um amplo espaço sem grandes custos. A Zona Portuária está sendo reurbanizada, com museus e outros espaços ligados à cultura”.

Outra cadeira de Zanini de Zanine

Toda essa história lhe rendeu vários prêmios do design do Brasil e do mundo, como esse que ele acaba de conquistar. Além disso, Zanini marcou presença em todos os principais eventos da área, além do convite para criar para marcas internacionais como a italiana Cappeellini e a francesa Tolix. Parabéns, Zanini!

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.