Por ser a nação mais vitoriosa do futebol mundial, o Brasil dispensa qualquer apresentação. O mesmo vale para a segunda maior cidade do país, o Rio de Janeiro, famoso pelo carnaval, pelas praias e, principalmente, pelo futebol.
O Rio é a casa de alguns dos maiores times do Brasil, e tem como cartão postal um dos estádios mais emblemáticos do mundo, o Maracanã. Assim como para os brasileiros em geral, para os milhões de torcedores apaixonados que residem na cidade maravilhosa o futebol é muito mais do que um simples esporte. Por isso, não são só os jogos dentro dos estádios que são valorizados pelos cariocas, mas também as “peladas” e partidas informais jogadas no dia a dia por milhões de jovens que encaram o futebol de forma mais leve e divertida, e que também enxergam o esporte como uma oportunidade de vida.

No Rio, a maioria das crianças aprende a andar e dá os seus primeiros passos já com uma bola nos pés. Futebol significa diversão, uma maneira de fazer amigos, interagir e crescer. Para muitos jovens, o futebol está no centro das suas relações sociais.

futebol na praia

“Quando criança, eu sempre tinha uma bola comigo. Não importava aonde, o futebol era sempre a primeira e a última coisa que me vinha à cabeça. Jogar na rua é muito divertido, mas foi também onde aprendi como usar a bola efetivamente. Quando há menos espaço para jogar, você é obrigado a ser mais criativo com a bola”, conta Ronaldinho Gaúcho.

O seu endereço de e-mail não será publicado.