Giuseppe Scapinelli nasceu na Itália, mas foi no Brasil que a alegria tomou forma em sua vida e em suas criações. Multi artista, adorava pintar, esculpir e desenhar.  Ainda gostava de cerâmica e para ele pescar era uma arte também. Talvez por isto tenha construído seu ateliê de cerâmica a beira mar, em Bertioga. Sua forma alegre de viver teve forte reflexo em sua obra como designer e como arquiteto de interiores.

 Giuseppe Scapinelli, design, mobiliario

Durante a IDA 2015, feira de design art que acontece entre 9 e 13 de setembro no Píer Mauá, a Artemobília Galeria vai lançar o livro “Giuseppe Scapinelli 1950: O designer da emoção”, de autoria de Sergio Campos, editora Olhares. A obra é um documento inédito, reunindo fotos de impactantes peças criadas por Scapinelli na década de 50. Há também registros de revistas da época, livros de decoração italianos e fotos de família.

Giuseppe Scapinelli, design, mobiliario

Um capítulo do livro é dedicado a estudar a visão de Giuseppe Scapinelli do modernismo, sua filiação a uma linha mais humanista da modernidade em oposição aos racionalistas europeus.  Sua importância na historia do design de mobiliário moderno brasileiro é reafirmada e ampliada, junto a grandes mestres de seu tempo como Sergio Rodrigues, Joaquim Tenreiro  e Lina Bo Bardi.

Giuseppe Scapinelli, design, mobiliario

Scapinelli nao produziu peças em série.  Recebia encomendas e foi muito bem acolhido pela elite italiana quando chegou a São Paulo.  Foi indicado pelos Matarazzo a futuros clientes, famílias da alta sociedade no país.  Trabalhava apenas com os melhores marceneiros, também imigrantes italianos e espanhóis, para dar forma a seus projetos.  Foi influente articulista da então recém lançada revista Casa e Jardim,  defendendo a modernidade, a luz e simplicidade nos lares brasileiros. Mas isso não queria dizer que seus móveis eram simples. Pelo contrário,  eram extremamente sofisticados.

 

www.idario.art.br

facebook.com.br/ida.art

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.