Chega o meio do ano, as temperaturas caem e começa a pipocar aquele climinha bom de vinho, queijos e foundue. No Rio, bem, a gente tem que admitir que para tirar aquela bota e aquele casaco mais quente do armário é necessário forçar uma leve barrinha -chegar aos 15 graus por aqui já é o puro luxo de inverno. Só que basta subir a serra para sentir, realmente, as temperaturas caírem e curtir plenamente tudo que isso engloba. Por isso, aqui vai uma seleção com lugares próximos à nossa Cidade Maravilhosa para você curtir o friozinho de verdade:

Petrópolis

Palácio Quitandinha, em Petrópolis

A cidadezinha surgiu em 1843, quando Dom Pedro II construiu a residência de verão da família real -hoje, uma das atrações do lugar é o Museu Imperial, com cerca de 7 mil peças dos séculos 18 e 19. Por lá, a calmaria e um mergulho na história são pontos altos: dá para curtir o Centro Histórico e todos os seus pontos marcantes, como a Catedral São Pedro de Alcântara, a Avenida Koeler, o Palácio Cristal, a Casa Ipiranga e o Relógio de Flores. A arquitetura é toda rebuscada e há amplos jardins espalhados. É lá que rola uma das bases para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, onde fica a famosa formação rochosa conhecida como Dedo de Deus, que fica em Teresópolis.

Teresópolis

Teresópolis

A cidade próxima à Petrópolis é conhecida por atrair viajantes que buscam tranquilidade mas que também querem uma boa dose de aventura. Há pousadas e restaurantes super charmosos e feirinha de artesanato clássica. Mas há também opções para quem quiser mergulhar na natureza: lá é outra base para se fazer a travessia até Petrópolis e explorar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com direito a muitas cachoeiras, orquídeas, bromélias gigantes e paisagens de tirar o fôlego. Mas há opções para quem qusier curtir a natureza sem muito esforço: o parque oferece áreas para piqueniques, piscinas naturais e pequenas trilhas.

Visconde de Mauá

Visconde de Mauá

A região é composta por três vilas que, juntas, formam o pacote completo pros viajantes: Mauá, Maringá e Maromba. As duas primeiras abrigam a maior parte dos charmosos e confortáveis hotéis e chalés, restaurantes e lojas da cidade, como o estrelado Rosmarinus Officinalis, enquanto é em Maromba que ficam os atrativos naturais, como a Cachoeira do Escorrega. Por se localizar na Serra da Mantiqueira, há várias cachoeiras de águas cristalinas e trilhas dos mais variados níveis.

Nova Friburgo

Nova Friburgo

A cidade é conhecida por ser a capital nacional da lingerie, onde peças íntimas são compradas por um preço super bacana. Mas é muito mais que isso: há uma vasta gama de passeios e atividades que levam a cachoeiras, riachos, mirantes naturais e reservas ambientais que são exploradas por ecoturistas, como as perfeitas formações rochosas pedra do Cão Sentado e o pico da Caledônia. Lumiar e São Pedro da Serra são vilas que ficam a 30km de lá e guardam uma natureza intocada, astral rústico e estrutura charmosa. Ainda nos arredores, como no distrito de Mury, fica o pólo gastronômico da cidade com restaurantes especializados em foundues e racletes.

Itatiaia

Itatiaia

O Parque Nacional de Itatiaia foi o primeiro parque nacional do país. Ele ocupa uma área de 30 mil hectares e se estende pelo Rio e por Minas. É conhecido pelas cadeias de montanhas infinitas, cachoeiras de águas cristalinas e penhascos rochosos e pontiagudos, como o pico das Agulhas Negras. Mas o parque é democrático e oferece opções para todos os gostos e condicionamentos físicos. Os hotéis são em sua maioria bem antigos, mas existem também aconchegantes pousadas que capricham nos mimos, com opções de chalés com hidromassagem e foundues ao lado da lareira.

O seu endereço de e-mail não será publicado.