Candeia 80 anos

Pro sambista Moacyr Luz, “Se uma roda de samba não tocar nada de Candeia, eu desconsidero”. É que, apesar de não ter seu nome amplamente divulgado, Candeia foi figurinha chave pro samba carioca ser o que é e ter o reconhecimento que tem. O carioca morreu cedo, aos 43 anos, deixou poucos discos gravados, mas um repertório riquíssimo e atemporal, com músicas que até hoje são cantadas por coros. Lá nas décadas de 60 e 70, ele se consolidou como base de tudo que foi feito no samba nas últimas décadas.

Candeia

E, no próximo dia 17, o carioca completaria 80 anos de vida. A homenagem não vai passar em branco e mestres do samba atual vão se reunir no Circo Voador para cantar clássicos e puxar um samba bom de ser ouvido e dançado. Monarco, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Teresa Cristina e Cristina Buarque vão puxar o tributo que vem com a ideia de dar revida às clássicas rodas de samba que rolavam em sua casa. É que Candeia foi baleado em uma briga de trânsito em 1965 e ficou paraplégico, mas nem isso abalou a energia do carioca, que recebia em sua casa bambas dos mais relíquias para rodas que viravam a noite, a manhã e a tarde. E, no Circo, em vez de um show da forma como estamos acostumados, uma bela roda de samba, com muita informalidade e improvisos comandados pelos mestres citados acima.

Candeia

Candeia é daqueles que cresceu rodeado de samba e, logo aos 13, já compôs o seu primeiro. Quando tinha 18 anos emplacou o seu primeiro samba-enredo na Portela, ajudando a escola na conquista do título e se firmando como nome forte lá dentro. Além disso, Cadeia era ativista da causa negra antes mesmo do racismo ser visto como um problema social, como bem lembra Teresa Cristina: “Ele foi o primeiro a me transmitir a ideia de racismo quando eu nem entendia direito o que era isso. E além de falar dos problemas do negro, ele afirmava o seu valor, sua contribuição. E sempre de forma certeira”. Pra Martinho da Vila, era mais que isso: “Ele era do samba”.

Circo Voador – Rua dos Arcos

06/08, quinta feira.

O seu endereço de e-mail não será publicado.