Por trás de cada esquina, uma multidão de vida. É com base nisso que o Arte Core vem com tudo, reunindo o que de melhor existe na cena de arte urbana do Rio. Pelo segundo ano consecutivo, o festival invade o vão central e a área externa do MAM -Museu de Arte Moderna do Rio – nos dias 18 e 19 de outubro, com uma enxurrada de atrações para apreciador de arte nenhum botar defeito. Sempre com o foco “urbano”, vai ter de tudo: arte, esportes e música.

arte core

 

O pessoal da Homegrown fez a curadoria de arte de diversos artistas de rua e fotógrafos, que vão ocupar o espaço em superfícies como paineis, módulos e, sim, um ônibus. Vai ter um espaço de exposição todo dedicado à cultura sneaker, que vai contar um pouco a evolução dos tênis e sua influência em todo esse movimento. A rapaziada do Só Pedrada Musical, do Dj Tamenpi, vão tomar conta da pista, que vai ficar na ativa durante todo o evento, com shows do Elo da Corrente e Kamau. Claro, não poderiam faltar oficinas de skate (coordenadas pelo pessoal do I Love XV) e de grafite (sob os cuidados do Espaço Rabisco).

 

arte core

 

No dia 18, às 11h, vai acontecer um bate papo com o advogado Luis Felipe Soares sobre direito autoral – há pouco tempo, o escritório dele ganhou uma causa em favor de dois artistas pelo uso não autorizado de obra artística exposta em espaço público por uma grande marca de roupas. E vão haver oficinas exclusivas para a criançada de skate e grafite.

 

arte core

 

 

Serviço:
Data: 18 e 19 de outubro, sábado e domingo
Dia 18, sábado, bate papo sobre direito autoral
Horário: Das 10h às 20h
Local: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM Rio / Av. Infante Dom Henrique, 85 –
Parque do Flamengo
Classificação: Livre

 

Fotos: I Hate Flash e Rene Jr

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado.